O LIVRO PÓSTUMO DE MARIA DO AMPARO MALEVAL: O TEATRO MEDIEVAL E SEUS CONGÊNERES EM SANTIAGO DE COMPOSTELA (SÉCULOS XII-XIII)

Fernando Ozorio Rodrigues

Resumo


Neste texto, proponho uma resenha crítica do livro póstumo de Maria
do Amparo, O teatro medieval e seus congêneres em Santiago de Compostela
(séculos XII-XIII), a partir da experiência de ter participado do processo de preparação dos originais da obra como revisor e colaborado na solução de problemas ocorridos no transcurso desse processo. Farei antes referência à coleção Estante Medieval, publicação realizada em parceria com a Editora da UFF, da qual o livro de Maria do Amparo é o volume 11. Na resenha, pretendo destacar as linhas básicas da temática do livro, a partir da proposta apresentada pela autora de que “a gênese do teatro europeu deu-se estreitamente ligada à religião”, defendendo a tese de que “teatro e prédica se aproximam desde sempre”. Nesse sentido, faço comentários sobre todas as fontes do teatro medieval analisadas pela autora: os elementos dramáticos e retóricos no Liber Sancti Jacobi, a ritualística cristã e o drama litúrgico na Galiza e o espetáculo trovadoresco nas cantigas satíricas e religiosas.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Signum Revista da ABREM (ISSN 2177-7306) - Associação Brasileira de Estudos Medievais