POLÍTICA, RELIGIÃO E NEOMEDIEVALISMO: AS DIFERENTES IDADE MÉDIA DA TRADIÇÃO FAMÍLIA E PROPRIEDADE (TFP) E OS ARAUTOS DO EVANGELHO

João Guilherme Lisbôa Rangel

Resumo


A partir da elaboração de movimentos católicos brasileiros conservadores – Sociedade Brasileira de Defesa da Tradição, Família e Propriedade (TFP) e da Associação Religiosa de Fiéis de Direito Pontifício Arautos do Evangelho – fazem da Idade Média, pretende-se compreender como esta última aparece em cada uma das organizações. No caso da TFP, a Idade Média está muito atrelada ao aspecto político de retorno da cristandade medieval, enquanto isso, nos Arautos do Evangelho, o elemento religioso é fundamental para compreender a legitimidade que este grupo alcança para sua atuação. Em ambos os casos, as proposições do neomedievalismo serviram de apanágio teórico para compreendermos a maneira que a Idade Média foi apropriada e (re)criada por cada organização.


Texto completo:

PDF

Referências


ALTOÉ, André Pizetta. A misoginia medieval reinventada: a aversão ao feminino na sociedade brasileira de defesa da Tradição, Família e Propriedade (TFP). In. Projeto história, São Paulo, v. 63, Set-Dez, 2018.

__________. Tradição Família e Propriedade (TFP): uma instituição em movimento. Dissertação (mestrado) Universidade Federal Fluminense, Ciência Política, 2006.

ALTSCHUL, Nadia e GRZYBOWSKI, Lukas. Em busca dos dragões: a idade média no Brasil. Revista Antíteses. Londrina, vol. 13, nª 25, jan/jun., 2020, p. 24-35.

BOUREAU, Alain. L’événemento sans fin: récit et christianisme au Moyen Âge. Société d’édition les Belles Lettres, Paris, 2004.

CALDEIRA, R.C. O Influxo ultramontano no Brasil e o pensamento de Plínio Corrêa de Oliveira. Dissertaçao (Mestrado em Ciência da Religião).Programa de Pós-graduação em Ciência da Religião, Instituto de Ciências Humanas e De Letras, Universidade Federal de Juiz de Fora, 2005.

D’ALCÂNTARA, Thamires Chagas. Hagiografia como legitimação da santidade do apóstolo Valdemiro Santiado de Oliveira (1996-1998). 2020. Dissertação (Mestrado) - UFRRJ, Rio de Janeiro, 2020. AMARAL, Clínio de Oliveira and BERTARELLI, Maria Eugenia. Yes! It is possible to think about medievalism and religion: A case study on Pope Franciss‘Urbi et Orbi’ mass. Revista Antíteses. Vol. 13, nº 26,2020, p. 97-125. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/antiteses/article/view/40297 Acesso em 25 de Abril de 2021.

DE MARIA, Tayná Louise; CHEVITARESE, André L. Fundamentalismo Religioso Cristão: em Busca de um Conceito. In. CHEVITARESE, André L; CAVALCANTI, Juliana B.; DUSILEK, Sérgio; DE MARIA, Tayná Louise (orgs.). Fundamentalismo Religioso Cristão. Olhares transdisciplinares. Rio de Janeiro: Ed. Klíne, 2021. S/P.

FORESTI, Luiz Felipe Loureiro. Revolução e contrarrevolução: O mundo lido por Plínio Corrêa de Oliveira e a TFP. In. Verinotio- Revista on-line de Filosofia e Ciências Humanas. Ano XII, v.23, nov. 2017. Pp.294-322.

Gentry, Francis G. and Müller, Ulrich (1991) ‘The reception of the Middle Ages in Germany: an overview’. Studies in Medievalism. III/4. p. 401. Disponível em: . Acesso em 25 de Abril de 2021.

GRES-GAYER, Jacques M. Ultramontanisme In. LACOSTE, Jean-Yves. Dictionnaire critique de théologie. Paris: PUF, 1998. Pp.1203-1206.

OLIVEIRA, Plínio Corrêa de. Nobreza e elites tradicionais análogas nas alocuções de Pio XII ao Patriciado e à Nobreza Romana. Livraria Civilização, Porto, 1993.

RANGEL, João Guilherme Lisbôa; AMARAL, Clínio de Oliveira. A religião analisada por meio do medievalism: a narrativa de Joana D’arc pelos Arautos do Evangelho. In: Renan Birro; André Bueno; Renato Boy. (Org.). Ensino de história medieval e história pública. 1ed.Rio de Janeiro: Sobre Ontens/UERJ, 2020, v. 1, pp.53-58.; RANGEL, João Guilherme Lisbôa ; AMARAL, Clínio de Oliveira. A Idade Média Encantada dos Arautos do Evangelho analisada através do medievalism. In: ANDRÉ BUENO; DULCELI ESTACHESKI; JOSÉ MARIA SOUSA NETO; RENAN MARQUES BIRRO. (Org.). Aprendendo História: Ensino e Medievo. 1ed.União da Vitória: Edições Especiais Sobre Ontens, 2019, v. 1, p. 11-17.

SILVA, Filipe Francisco Neves Domingues da. Cruzados do século XX: o movimento tradição, família e propriedade (TFP); origens, doutrinas e práticas (1960-1970). Dissertação (mestrado), História, Universidade Federal de Pernambuco. CFCH, 2010.

SILVEIRA, Emerson José Sena da. Reacionarismo Católico ontem, hoje e sempre... Os “vencidos do catolicismo na modernidade. In. Revista Eclesiástica Brasileira, Petrópoles, vol. 79, n. 314. 2019.

ZANOTTO, Gizele. Os Arautos do Evangelho no espectro católico contemporâneo. In. Revista de Histórias das Religiões. ANPUH, Ano IV, n.10, Maio 2011.

_________; COWAN, Benjamin Arthur (Orgs.). O Pensamento de Plínio Corrêa de Oliveira e a atuação transnacional da TFP. Vol. 1. Passo Fundo: Acervo Editora, 2020.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Signum Revista da ABREM (ISSN 2177-7306) - Associação Brasileira de Estudos Medievais