O texto polêmico ou a polêmica do texto: eremitismo, literatura e sociedade na Chartres do século XII

Gabriel De Carvalho Godoy Castanho

Resumo


O presente artigo aborda os versus Pagani Bolotini de falsis heremitis qui vagando discurrunt, escrito por um cônego de Chartres (atual França) no início do século XII. Redigido em um momento de grande efervescência sócio-religiosa marcada pelo recrudescimento ascético e moral da chamada “reforma gregoriana”, o poema nos oferece a possibilidade de abordar a temática eremítica medieval segundo um enfoque renovador: a dinâmica entre literatura e sociedade. Inserido em uma abordagem mais ampla que visa compreender a sociedade como uma totalidade (cujas partes estão sempre em movimento), o procedimento de pesquisa empregado nesse artigo busca conciliar metodologias históricas, literárias e codicológicas a fim de explicitar os fundamentos do processo argumentativo através do qual o poeta construiu a imagem social do falso eremita.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21572/2177-7306.2012.V12.N2.06

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Signum Revista da ABREM (ISSN 2177-7306) - Associação Brasileira de Estudos Medievais