AS DINÂMICAS DA ARGUMENTAÇÃO REGIA NA DISSOLUÇÃO DA ORDEM DO TEMPLO E NA CRIAÇÃO DA ORDEM DE CRISTO. UM ESFORÇO INTERPRETATIVO (1307/08-1319)

Fabiano Fernandes

Resumo


 

Resumo:

Tema clássico na historiografia sobre a Idade Média o processo de dissolução da Ordem do Templo e de criação da Ordem de Cristo normalmente é tratado com algo que ocorreu de forma quase que inteiramente harmônica em Portugal. Esse artigo vem questionar essa visão consolidada, em particular na historiografia portuguesa, tomando para análise certas cartas de sentença, a documentação do concilio de Vienne de 1311-1312 e parte da documentação relativa a criação da Ordem de Cristo.  A não utilização indiscriminada da violência física ou do processo inquisitorial estrito-senso deveu-se muito mais a uma opção estratégica dionisina do que necessariamente a uma boa vontade inata do monarca ou da monarquia como um todo. 

Ordem do Templo; Ordem de Cristo, Portugal Século XIV.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21572/2177-7306.2017.v18.n1.03

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Signum Revista da ABREM (ISSN 2177-7306) - Associação Brasileira de Estudos Medievais