O corpus documental para o estudo do reino suevo: possibilidades e limites de uma abordagem histórica

Leila Rodrigues da Silva

Resumo


Ainda que o foco na história dos suevos, nos termos propostos pela historiografia que marcou as décadas de cinquenta e sessenta do século passado, não tenha se constituído como uma possibilidade interessante à investigação por nós desenvolvida, tivemos que enfrentar os desdobramentos do axioma por ela amplamente pronunciado da escassez de documentos. Neste texto, buscaremos problematizar tal axioma, considerando as preocupações que têm norteado a pesquisa intitulada “A produção intelectual eclesiástica nos reinos romano-germânicos: a consolidação da Igreja e a normalização da sociedade, na qual, em sua fase inicial, nossas atenções estiveram voltadas especificamente para o reino suevo, em fins do século VI.  



Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21572/2177-7306.2016.v17.n1.06

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Signum Revista da ABREM (ISSN 2177-7306) - Associação Brasileira de Estudos Medievais