O tema do deserto e da vida ascética no monaquismo feminino na Igreja cristã primitiva: os monges e as monjas do deserto.

Paulo Augusto Tamanini

Resumo


O interesse dos pesquisadores europeus pela vida e escritos de monges e monjas do cenobitismo oriental subsidiou uma coleção de relatos, composições literárias chamadas de ‘fontes monásticas’ e que hoje se deixam ofertar aos interessados no aprofundamento do assunto. Este artigo objetiva discorrer sobre a redescoberta e releitura do monaquismo oriental focando o gênero feminino mostrando uma dadivosa área a ser explorada e que pode, e muito, contribuir para a compreensão mais ampla do rosto eclesial, talhado pelo tempo, pelo lugar de expansão, pela forma de organização desses grupos de mulheres

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21572/2177-7306.2016.v17.n1.11

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Signum Revista da ABREM (ISSN 2177-7306) - Associação Brasileira de Estudos Medievais