A educação do Infante ao Príncipe nas obras de Ramon Llull: caminhos da formação pedagógico-cristã no século XIII

Fabiana de Oliveira

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo refletir sobre o caminho educativo percorrido pela criança até a idade adulta na figura do príncipe. Articulamos essa discussão, pois compreendemos que esse príncipe para ser um bom representante de Deus na terra precisa antes ter sido formado e ter percorrido o caminho educativo traçado para esse sujeito enquanto criança. Essa reflexão se dará a partir da análise das obras Doutrina para Crianças e A Árvore Imperial de Ramon Llull. Essas obras datam do século XIII e compõem um conjunto de textos da literatura medieval característicos dos espelhos de príncipe por meio dos quais se difundia modos e hábitos inculcando formas de ser e estar no mundo Ibérico Medieval. O caminho educativo a ser percorrido pela criança é um trajeto que envolve os princípios da fé cristãos, mas que não dispensa a aprendizagem das artes liberais. Considerando a natureza humana corrompida pelo pecado original, a educação é vista como purificação.

Palavras-chave: Ramon Llull – Educação – Criança – Príncipe


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21572/2177-7306.2016.v17.n1.10

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Signum Revista da ABREM (ISSN 2177-7306) - Associação Brasileira de Estudos Medievais - Rua Professor Marcos Waldemar de Freitas Reis (UFF/Instituto de História). Bairro: São Domingos. Niterói-RJ CEP: 24210-201