A CÚRIA PAPAL E A DIOCESE DE CALAHORRA: AS TRANSFERÊNCIAS NORMATIVAS DO PODER ECLESIÁSTICO CENTRAL AO LOCAL NO SÉCULO XIII

Andréia Cristina Lopes Frazão da Silva

Resumo


Esse artigo apresenta as conclusões do uso de uma modalidade de História Comparada, o estudo das transferências culturais, para a análise de dois conjuntos de textos legislativos: os cânones do IV Concílio de Latrão, frutos da assembléia geral convocada e presidida pelo papa Inocêncio III em 1215, e os estatutos de dois sínodos realizados na diocese ibérica de Calahorra, organizados e dirigidos pelo bispo local, Aznar López de Cradeíta, em 1240 e 1256, visando justamente introduzir tais resoluções. Ainda que nas constituições calagurritanas de 1240 e 1256 sejam feitas referências diretas ao seguimento das recomendações do Lateranense IV, houve uma apreensão seletiva destas normas, o que se relaciona às consições sociais específicas da região.

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21572/2177-7306.2015.v16.n2.03

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Signum Revista da ABREM (ISSN 2177-7306) - Associação Brasileira de Estudos Medievais - Av. Antônio Carlos, 6627 (UFMG/Departamento de História). Bairro: Pampulha. Belo Horizonte-MG CEP 31270-901