A IDEIA DE LESTE NAS FONTES ESCANDINAVAS MEDIEVAIS: UM ESTUDO DE CONCEITUAÇÃO HISTÓRICO-GEOGRÁFICA

Andre Szczawlinska Muceniecks

Resumo


Neste artigo analisamos os aspectos histórico-geográficos assumidos pelo conceito de leste nas fontes escritas da Escandinávia e Islândia dos séculos XIII e XIV, particularmente o Mappamundi islandês Gks 1812, 4to, 5v-6r., trechos do prólogo da Edda Menor, da Heimskringla e de algumas sagas islandesas, como a Egilssaga. O uso do leste nas fontes enumeradas é mais especificamente livresco, inserindo muito do saber acumulado do Medievo Ocidental e ressignificando o leste segundo parâmetros das terras bíblicas e dos autores clássicos, diferentemente do uso do conceito simples e cotidiano, de indicação geográfica, veiculado nas sagas islandesas.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21572/2177-7306.2015.v16.n3.06

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Signum Revista da ABREM (ISSN 2177-7306) - Associação Brasileira de Estudos Medievais - Av. Antônio Carlos, 6627 (UFMG/Departamento de História). Bairro: Pampulha. Belo Horizonte-MG CEP 31270-901