Do Pecado ao Gênero da Confissão Religiosa: algumas reflexões sobre as concepções de pessoa na legislação afonsina (século XIII)

Marcelo Pereira Lima

Resumo


O presente artigo analisará os discursos sobre o pecado e a
confissão religiosa na legislação produzida no governo de Afonso X (1252-1284), especialmente os discursos relacionados às concepções de pessoa, a partir de uma perspectiva fundamentada em uma História Institucional de Gênero. O objetivo principal se desdobra em duas linhas de análise: a) rever o determinismo do
“sexo” como único aspecto relevante para se pensar o pecado medieval; b) incorporar a perspectiva de gênero na interpretação das relações entre o pecado e a confissão religiosa.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21572/2177-7306.2011.v11.n1.12

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Signum Revista da ABREM (ISSN 2177-7306) - Associação Brasileira de Estudos Medievais